CVM ALTEROU INSTRUÇÃO - REGRA VALE APENAS EM 2023, MAS EMPRESAS JÁ INCLUEM DADOS ESG EM SEUS BALANÇO


Comissão de Valores Imobiliários passara a exigir que companhias brasileiras apresentem seus indicadores de questões climáticas, bem como seus riscos ambientais, sociais e de governança


A primeira temporada de balanços financeiros de 2022 trouxe mudanças que poderão ser observadas nos dados operacionais das companhias, como informações relacionadas aos riscos ambientais, sociais e de governança, o conhecido ESG.


Esse movimento faz parte de um processo de adaptação que as empresas de capital aberto terão que fazer até 2023 devido à alteração feita pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) na Instrução 480/09, em dezembro de 2021, que obriga as companhias brasileiras a apresentarem esses indicadores, além de um inventário de emissões de gases de efeito estufa (GEEs) e prestar informações a respeito da diversidade do corpo de administradores e empregados.


Fonte: CNN Brasil