ESG CHEGA AO RADAR DO BRASILEIRO

A pauta dos grandes problemas com os quais o cidadão brasileiro está preocupado ganhou ares mais complexos. Agora, além de questões básicas como desemprego, saúde, pobreza e educação — ainda no topo da lista —, somam-se temas como desmatamento e poluição do ar. Essa é a conclusão do levantamento Global Positioning Sustainability (GPS), realizado pela consultoria Walk the Talk by La Maison que ouviu mais de 4 mil pessoas, de todas as classes sociais, de 16 a 64 anos, nas cinco regiões do País.



A gravidade da percepção dos problemas, no entanto, ainda segue parâmetros estratificados. De acordo com Juliana Simão, uma das fundadoras da consultoria, temas como direitos LGBTQIA+, energias renováveis e modelo de consumo são preocupações urgentes somente para alguns grupos sociais. “Vemos que essa pauta está muito mais forte entre jovens, não heterossexuais e de classes altas”, afirmou.


Os números retratam a realidade de um País que, a despeito de estar entre as maiores economias do mundo, registrou a volta de mais de 17 milhões de pessoas à pobreza entre agosto de 2020 e fevereiro de 2021. Para esse grupo, problemas estruturais como desemprego, educação e saúde continuam sendo prioritários.


(Nota publicada na edição 1281 da Revista Dinheiro)