O PLANO DE DESCARBONIZAÇÃO DE PAUL POLMAN E CARLO PEREIRA, DO PACTO GLOBAL

Evento em NY marca o lançamento internacional da Ambição 2030, iniciativa do Pacto Global Brasil para fomentar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Para Carlo Pereira, CEO do Pacto Global da ONU Brasil, braço das Nações Unidas que congrega o setor empresarial, só há uma possibilidade de garantir a perenidade das empresas: salvar o planeta. “Não vamos construir um futuro em Marte”, diz o CEO. É com esse espírito que o Pacto, a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, lançou a Ambição 2030, um conjunto de 7 ações para fomentar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) entre as companhias brasileiras.


Nesta terça-feira, 10, Pereira e o vice-presidente do conselho do Pacto, Paul Polman, ex-CEO que transformou a Unilever em uma líder ESG ao mesmo tempo em que quadruplicou o retorno ao acionista, apresentaram a iniciativa em Nova York para um grupo de CEOs. O evento, organizado pelo Pacto, contou com a presença de Ronaldo Costa Filho, embaixador do Brasil na ONU, Sanda Ojiambo, presidente global da entidade, e a empresária Luiza Helena Trajano, do Magazine Luiza, eleita a Personalidade do Ano pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos.


A Ambição 2030 foi lançada no Brasil há duas semanas. A iniciativa é composta por sete movimentos que abordam questões relacionadas à saúde, direitos humanos, clima, acesso à água e corrupção. Até a data do lançamento, 150 empresas haviam aderido aos compromissos públicos propostos. “Somos 60% do PIB, 80% do fluxo de capitais e 90% dos empregos. Escolhemos fazer essa transição porque é o correto”, afirmou Pereira, sobre a necessidade de adesão por parte das empresas.



Fonte: Exame | Imagem: Carlo Pereira, CEO do Pacto Global: "Não vamos construir um futuro em Marte" (Divulgação/Pacto Global)